domingo, 3 de dezembro de 2017


Esse texto foi escrito num domingo depois de um final de semana muito gostoso.

Hoje o repito porque creio ser muito bom recordar o que foi bom.
Foi postaddo primeiramente no dia

domingo, 28 de fevereiro de 2010



E hoje, domingo, 03 de Dezembro de 2017 , recoloco editado.



SEGUINDO EM FRENTE

SEGUINDO EM FRENTE

Muito tempo passou desde que bloguei pela ultima vez.
Queria ter algo bom e gostoso para postar porque não gosto de falar ou reclamar de doença,principalmente do Parkinson.
Tenho lutado ultimamente com uma hernia de disco lombar que me faz sentir tanta dor dessas de tirar a vontade de fazer seja o que for.
Mas hoje digo que estou muitíssimo contente porque não sinto dor há pelo menos cinco dias e isso para quem tem PK e hernia de disco é muito boa noticia.
Aproveitei esse final de semana indo com meu marido para Penedo. Ficamos hospedados em casa de nossa filha e juntamente com ela, nosso genro e seus pais, tivemos horas de muito papo bom, petiscos ,vinho delicioso e aquela comida caseira ,num ambiente muito aconchegante.
Demos um passeio pela cidade no sábado almoçando uma feijoada e depois caminhando um pouco pelas lojas muito lindas cheias de artesanatos bonitos.Deu vontade de comprar todos ,rssrsrr.
Voltando para casa hoje após o almoço eu e meu marido pegamos muita chuva na Via Dutra .
Confesso que tive medo pois não gosto de viajar com chuva .
Como é bom chegar em casa depois de um passeio.Sempre gostei de sair de casa e sempre gosstei mais ainda de voltar para casa nosso ninho ,meu porto seguro.
Adoro a sensação de paz e segurança que tenho aqui dentro de casa. Meu marido cochilando em nosso quarto e eu teclando em nosso pequeno escritorio, é uma paz que desejo a todos porque muito bom sentir .
Estou animada e feliz com as noticias que vi agora nos blogs de PK que acompanho.
Acho todas as pessoas que escrevem e as que mantém esses blogs verdadeiros batalhadores e heróis pois lutam por si mesmos e também por todos os outros mantendo o alto astral e transmitindo o melhor para os demais.
Obrigada a todos pois acompanhar esses blogs salvou-me muitas vezes do desespero e levantou minha auto estima.
Gostaria de saber fazer belas poesias mas mesmo gostando muito de escrever , creio que não sei fazer poesia.
Um dia porem espero escrever um poema bem bonito para todos vocês portadores de Pk como eu e como eu amando demais a vida.
Abraço carinhoso a todos.

segunda-feira, 22 de maio de 2017

Tenho hoje a exata sensação que perdi um tempo enorme ficando doente .Isso porque desde o dia ,que já nem lembro bem qual exatamente, caí de cama e foi ecxigido pelo médico que fizesse 20 dias de repouso absoluto,não consigo acompanhar a vida fora de mim,fora de meu limite doméstico.
O 04/11/2009,dia em que completei 55 anos,passou sem que me desse conta,mesmo tendo sido comemorado com uma simpática reunião aqui em casa organizada por minha filha,com a presnça de minhas amigas queridas. Sei que participei e lembro bem todas as datas importantes e comemoradas.Não é desse acompanhar que me refiro.É algo profundo ,enraizado bem no fundo que me deixa a sensação de que estou ausente.
Vejo-me sem assunto para partcipar de reuniões de amigas e até mesmo de trabalho.Muito dificil fazer-me entender porque normalmente pode parecer que estou alienada e não é essa a idéia que tenho do fato.
A verdade é que tendo ficado o tempo prescrito absolutamente de repouso,não participei de nada e sequer sabia o que ia pelo mundo,cidade,
familia e tudo mais...
Penso o dia que pereguntei a meu marido, que dia é hoje? Peri a noção do t empo e só com muita força de vontade fui aos poucos me inteirando das coisas e agora essa noção de que não estou inserida no contexto dos acontecimentos.
Hoje,domingo,23/05/2010 estou consciente de que preciso urgentemente recuperar, não o tempo perdido ,ou o que passou porque isso não tem como, mas o meu modo de agir e enfrentar as situações,eventos e tudo mais.
Só eu posso me ajudar porque é de foro íntimo e o reencontro será comigo mesma.Eu me recolocando no palco dos acontecimentos da vida.
Não será afacil,mas também não é impossível.
Deixar a vida fluir é um dom,mas deixá-la passar sem minha participação é ai sim perder o grande presente que recebi de Deus, que é minha vida.

terça-feira, 2 de maio de 2017

02052017

CORAÇÃO CHEIO DE ESPERANÇA

Coração cheio de esperança




Hoje acordei sentindo muita dor. Começo a pensar que já nem lembro mais

quando não sentia nada.

Estou lendo um livro muito interessante:UM TOQUE NA ESTRELA,de Benoîte Groult. Numa visão bem humorada do processo de envelhecimento ela diz em determinado momento que quando os órgãos começam a falar , não têm nada de bom a dizer.

Tenho que concordar.Embora querendo muito que tudo seja apenas um ataque de xilique e breve silenciarão.

Ah que delícia o silencio dos órgãos!

Podemos andar e dançar.Também trabalhar e até fingir que somos totalmente livres

Desse incomodo vizitante chamado Parkinson.

Incomodo e mal educado pois entra sem ser convidado e mexe onde não é chamado.

Minha vingança é saber que um dia bem próximo ele será exterminado.

Essa esperança quer ser certeza.Certeza que teme ser só esperança...

Não te iludas sr Pk, você será derrotado !

Mesmo enquanto a vitória está em meu coração ,você não consegue tirar minha alegria de viver.

Comecei dizendo que acordei sentido dor Já passou. Por hoje não vou dar ao nosso vsitante indesejado a alegria de ver quee estou reclamando.

Estou tentando tomar o mínimo de remédio possível.

Sei que chegarei lá,

Contra tudo que possam falar em contrário, eu estou com o coração cheio de esperança

Na cura total.Na vitória contra o intuso visitante.

Por hoje é só.

Google Analytics