terça-feira, 2 de março de 2010

Percepção e Aceitação


Percepção e Aceitação
Tenho a exata sensação de que estou só,e muito só.
Sei que amo e sou amada ,por meu marido,filhas e amigos.
Então porque essa sensação?
Creio que é o saber que minha dor e medo mais profundos não podem ser divididos com ninguém.
Posso dizer que estou apreensiva,preocupada,mas jamais conseguirei passar ao outro esse
íntimo medo da progressão de uma doença que me prende dentro da mais terrível incerteza.
Ser portadora do mal de Parkinson é ser insegura e apreensiva.Não sei o que será daqui por diante.Cada dia que passa e eu estou bem é lucro.
Mas também creio que sou ,ou tento ser ,bastante otimista.
Quero transmitir apenas pensamentos,poesias,contos e reflexões com mensagem de fé(que é enorme dentro de mim),alegria e esperança(que também tenho enorme).
Porque apesar de meus mais íntimo e profundo medo,espero sempre pelo melhor,e isso,creio,
salvou ou salva minha sanidade mental.
O que Deus faz é bom sempre.Isso é um alento para minha alma e meu coração.
Sei que sou muito feliz . Mesmo com parkinson,ou apesar dele.Acho que é porque resolvi fazer de minha expiação , só uma prova.
E no jogo da vida,gosto de usar um termo que Lya Luft usa em seu livro " Perdas e Ganhos".
Entre perdas e ganhos,sei que mais ganhei do que perdi.
Nem sei se estou sendo incoerente ou confusa,mas gosto de escrever do coração ,o que sinto e vou passando adiante.
Por hoje é só.

Um comentário:

Amapola disse...

Teca, você é positiva e isso é ter fé.
As "compensações" são maravilhosas, e você sabe reconhecê-las. Se Deus é capaz de curá-la, pode muito bem, estagnar os sintomas. Ler coisas boas e leves ajuda bastante. Faça isso...
Desejo-lhe tudo de bom. Deus a abençoe!!
Um grande abraço.

Google Analytics