segunda-feira, 16 de novembro de 2015

`Hoje levantei com vontade de rever minhas primeiras postagens e revendo-as resolvi posta-las novamente.
Vamos rever O começo de Parkinson na minha vida


Sabe aquele dia que você levanta triste?
Que o dia parece cinzento e sem brilho?
Esse dia é um daqueles que você preferia ter ficado na cama e fechado bem os olhos para que o dia seguinte viesse logo não é assim?
Hoje nem sei bem porque pensei muito no tempo que passei lutando contra dores nos braços e ombros e quanto demorou para que eu tivesse o diagnóstico de Parkinson.
Foram perto de cinco anos correndo de Ortopedista em Ortopedista,consultando e recebendo de cada um deles uma causa diferente para minha dor.
Depois comecei a sentir que minha mão direita não fazia o movimento natural ao pentear cabelos por exemplo.
Fui ficando meio deprimida pois não sabia o que estava realmente acontecendo comigo.
Sentia um cansaço anormal,e estava começando a sentir umas contrações dolorosas nas pernas e no braço,só o direito.
Estava chegando o dia de meu aniversario,e faltando uma semana minha filha ,que já tinha então se formado em Medicina,chegou naquela manha na porta de meu banheiro e ficou conversando comigo que penteava os cabelos.
Ela ficou olhando,olhando,olhou tanto me observando que fiquei incomodada.
Perguntei:
-Aconteceu alguma coisa filha?
Ela ficou um tempo sem responder .
Depois olhou bem nos

meus olhos e falou:
-Mãe!Estou te observando e acho que o que você tem não tem nada a ver com Ortopedista,creio que seu caso é para um Neurologista.
E vamos nós...
Marcamos consulta para o dia seguinte e fui acompanhada de minha filha.
Na sala de espera lotada fiquei observando as pessoas e tentava na minha mente imaginar o que cada uma podeeria ter para estar ali como eu?
Principalmente rezava em silencio pedindo ao Senhor que me desse força e coragem para enfrentar o que fosse .
Repetia várias vezes: Senhor ,dai-me força e coragem..
Então chegou minha vez.Entrei com o coração aos pulos ( não sei porque estava tão ansiosa que pensei ouvir as batidas de meu coração.E o pior ,pensei que o médico e minha filha também ouviam.
A consulta foi bem minuciosa.Ele repetia a todo momento:já, já,digo o que a senhora tem,quero só ter confirmado uns pontos.
Depois de não sei quanto tempo de ansiedade e medo,onde eu queria e não queria saber o diagnóstico,enfim o danado veio... 
A senhora é portadora do MAL DA SÍNDROME DE PARKINSON.
O chão sumiu debaixo de meus pés.Fiquei muda e estática.Até hoje não sei como não caí.Já não ouvia mais nada.Sequer sei o que ele e minha filha conversaram.Soube depois ,muito depois o que falaram e os exames que me pediu estavam nasa mãos dela.
Entrei no carro girei a chave no volante e só então ouvi minha filha dizendo: -Mãe,deixa que eu levo o carro,você está muito tensa.
Falei (falei? Ou sussurrei?)Pode deixar,eu dirijo,ainda sei dirigir meu carro ok?
Bem,hoje, lembrando tudo isso parece a história de outra pessoa,não minha.
A verdade é que nunca mais voltei no Neurologista que diagnosticou-me PK.
Comentei isso na última consulta com meu Neurologista e ele disse que isso 
acontece mesmo e é porque fiquei traumatizada com a noticia que ele me deu.
Não sei porque estou escrevendo isso hoje.É a primeira vez que falo ou escrevo sobre esse começo.Sempre comento de tudo em relação ao Pk,mas ainda não tinha mencionado como foi revelado e minh areação inicial.
Depois disso,nas semanas que sucederam fui a outro medico e começou minha luta contra esse sr .
Mas isso é assunto par outra postagem.Quem sabe amanha?

4 comentários:

Roselia Bezerra disse...

Olá, querida TEKA
Tudo tem um começo mas vc venceu a batalha porque ninguém derrubou sua esperança em dias melhores...
Bjm fraterno

Roselia Bezerra disse...

Olá, querida Teka
Vim lhe convidar pessoalmente:

http://espiritual-maria1.blogspot.com.br/2015/12/especial-de-natal-viii.html

Bjm fraterno

Kajal Patel disse...

i love this website. your site is good and your work is very good for social work.. keep work. Visit My Website for Read Most Popular True Love Story Read Love Story, Romantic True Love, Sad Stories, Hate Love

TECA disse...

Minha querida Roselia Bezerra. É sempre maravilhoso receber comentários seus em meu blog.
Fiquei muito tempo sem entrar aqui por isso só hoje vi sua mensagem. Sei que foi um sucesso porque Deus esta no comando de tudo
Bj fraterno.
Teca.

Google Analytics