domingo, 12 de junho de 2011

Namorado,amor eterno?

 

Não eterno,mas infinito, enquanto durar.

Amo meu amor,meu namorado, amigo, amante,pai de minhas filhas,avô de meu neto.

Isso já trinta e nove anos desde o dia que nos conhecemos até hoje.Com altos e baixos em nossa vida a dois e cinco, depois a oito ,agora nove.

Estranho? Não , real.E muito bom tudo que amo vem de você, meu namorado,ou através de você,  e depois de você.

Quando faltam palavras para descrever o que sinto ou penso ,lanço mão de poemas,poesias e músicas que dizem por mim o que queria dizer a você.

Vinícius fala e concordo ,

e concordando tomo para mim o que ele disse em poesias,poemas e músicas.

Adoro todas.Aqui, agora em sua homenagem, eu trago algumas pérolas do poetinha.

images (4)

Soneto de Fidelidade
De tudo ao meu amor serei atento
Antes, e com tal zelo, e sempre, e tanto
Que mesmo em face do maior encanto
Dele se encante mais meu pensamento.
Quero vivê-lo em cada vão momento
E em seu louvor hei de espalhar meu canto
E rir meu riso e derramar meu pranto
Ao seu pesar ou seu contentamento
E assim, quando mais tarde me procure
Quem sabe a morte, angústia de quem vive
Quem sabe a solidão, fim de quem ama
Eu possa me dizer do amor (que tive):
Que não seja imortal, posto que é chama
Mas que seja infinito enquanto dure.

Vinícius de Moraes

 

Soneto do Amor Total
Amo-te tanto, meu amor ... não cante
O humano coração com mais verdade ...
Amo-te como amigo e como amante
Numa sempre diversa realidade.
Amo-te afim, de um calmo amor prestante
E te amo além, presente na saudade.
Amo-te, enfim, com grande liberdade
Dentro da eternidade e a cada instante.
Amo-te como um bicho, simplesmente
De um amor sem mistério e sem virtude
Com um desejo maciço e permanente.
E de te amar assim, muito e amiúde
É que um dia em teu corpo de repente
Hei de morrer de amar mais do que pude.

Vinícius de Moraes

Triste essa, mas por linda ai vai:

Amor em paz
Eu amei
Eu amei, ai de mim, muito mais
Do que devia amar
E chorei
Ao sentir que iria sofrer
E me desesperar
Foi então
Que da minha infinita tristeza
Aconteceu você
Encontrei em você a razão de viver
E de amar em paz
E não sofrer mais
Nunca mais
Porque o amor é a coisa mais triste
Quando se desfaz

Vinícius de Moraes

Pela luz dos olhos teus
Quando a luz dos olhos meus
E a luz dos olhos teus
Resolvem se encontrar
Ai que bom que isso é meu Deus
Que frio que me dá o encontro desse olhar
Mas se a luz dos olhos teus
Resiste aos olhos meus só p'ra me provocar
Meu amor, juro por Deus me sinto incendiar
Meu amor, juro por Deus
Que a luz dos olhos meus já não pode esperar
Quero a luz dos olhos meus
Na luz dos olhos teus sem mais lará-lará
Pela luz dos olhos teus
Eu acho meu amor que só se pode achar
Que a luz dos olhos meus precisa se casar.

Vinícius de Moraes

Outras e muito lindas temos ,também de outros maravilhosos poetas,mas por hoje vamos deixar assim que já traduzem essas muito do que sinto e também penso.

Feliz dia dos namorados para todos  os enamorados.

5 comentários:

orvalho do ceu disse...

Olá, querida
Os sonetos vêm de corações enamorados e ternos... Lindo!!!
Bjs festivos e de paz

♥VERONICA♥ disse...

Meu anjo,você fez uma visita em meu blog a algum tempo,POR MOTIVOS DE DOENÇA AFASTEI-ME.Eu tenho grande apreço por Vinícios,tudo o que ele escreve me faz lembrar lareira,casa grande,interior,uma boa companhia e um bom chimarrão...Querida minha sogra também tem parkinson,mas com medicação ela está bem,acredito que o pior da doençaé não aceitá-la...Ela usa seroquel,luvox...Enfim uma farmácia...Mas sigamos em frente!
Um grande beijo da Veronica

orvalho do ceu disse...

Olá,
Venho convidar-lhe para o meu post do dia 15 onde participamos um número considerável na BCFV em que debateremos a JUVENTUDE...
Participe vc também!!!
Seja sempre muito bem vindo(a)!!!
Bjs de paz
http://espiritual-idade.blogspot.com/

PLURAL CONSULTORIA disse...

Reflete todo o meu sentimento ao longo dos 39 anos, sendo que hoje, percebo, tudo é mais intenso. Nada melhor do que a poesia de Vinicius de Moraes para registrar esse dia e esse momento, comemorando-os:
Pela luz dos olhos teus
Quando a luz dos olhos meus
E a luz dos olhos teus
Resolvem se encontrar
Ai que bom que isso é meu Deus
Que frio que me dá o encontro desse olhar
Mas se a luz dos olhos teus
Resiste aos olhos meus só p'ra me provocar
Meu amor, juro por Deus me sinto incendiar
Meu amor, juro por Deus
Que a luz dos olhos meus já não pode esperar
Quero a luz dos olhos meus
Na luz dos olhos teus sem mais lará-lará
Pela luz dos olhos teus
Eu acho meu amor que só se pode achar
Que a luz dos olhos meus precisa se casar.

NIELSEN FREIRE disse...

Reflete todo o meu sentimento ao longo dos 39 anos, sendo que hoje, percebo, tudo é mais intenso. Nada melhor do que a poesia de Vinicius de Moraes para registrar esse dia e esse momento comemorando-os:
há 2 segundos
Pela luz dos olhos teus
Quando a luz dos olhos meus
E a luz dos olhos teus
Resolvem se encontrar
Ai que bom que isso é meu Deus
Que frio que me dá o encontro desse olhar
Mas se a luz dos olhos teus
Resiste aos olhos meus só p'ra me provocar
Meu amor, juro por Deus me sinto incendiar
Meu amor, juro por Deus
Que a luz dos olhos meus já não pode esperar
Quero a luz dos olhos meus
Na luz dos olhos teus sem mais lará-lará
Pela luz dos olhos teus
Eu acho meu amor que só se pode achar
Que a luz dos olhos meus precisa se casar.

Beijos do seu Nil

Google Analytics